O poeta no fim da estrada

Para o norte andarei em busca do escritor perdido. Em uma estrada ladrinhada por pedras brancas caminhei, por fim cheguei até o escritor de poesias. Ele me disse que sou bela, flor pintada com pincel e
aquarela. Sorri por um instante, mas logo voltando à lucidez me dou conta de que estas palavras não passam de seu trabalho, não sou a tal flor, só talvez lhe inspire um pouco ou será que a inspiração anterior que o fez criar tal frase?

O poeta me disse que não é ele quem escreve e sim a parte do universo que conspira a seu favor, que acaba por algum motivo ainda não relevado guiando sua mão esquerda, por ser canhoto, a escrever algumas coisas.

Então eu disse: Obrigada poeta, por me revelar um dos tantos seus segredos que guardas no peito a tanto zelar. Ele respondeu que havia muito tempo que não lhe aparecia uma moça tão delicada em quem poderia inspirar-se para se aperfeiçoar em seus valores. Eu disse: deixe de bobagens! Sou apenas mais uma miragem qualquer a te visitar. E por fim quase finalizou: Tu és tão doce que eu, pobre mendigo de palavras, poderia porventura, querer para mim?

Eu envergonhada, me calo.

Ele então finaliza: Esta tudo bem se não me queres, continuarei a lembrar-me de ti, criarei mil e um poemas sobre seu sorriso tímido e mais quase mil sobre seus olhos esverdeados. Tudo bem se tu não me quiseres, posso te ter mesmo assim, desenharei teu rosto em todos os lugares, sonharei com teu beijo e abraçarei a nuvem te imaginando.

Corando as maçãs do rosto lhe digo: E se, porventura, eu te quisesse?

O poeta envergonhado, se cala.

20 comentários que me fazem sorrir:

António Jesus Batalha disse...

Blog encantador,gostei do que vi e li,e desde já lhe dou os parabéns, também agradeço por partilhar o seu saber, se desejar visitar o Peregrino E Servo, ficarei também radiante
e se desejar seguir faça-o de maneira que possa encontrar o seu blog, porque irei seguir também o seu blog.
Deixo os meus cumprimentos, e muita paz.
Sou António Batalha.

Nathy Alcantara disse...

Texto lindo... Medingo de palavras, afeto e amor é o que somos e sempre seremos... Beijo :)

Felisberto Junior disse...

Olá,Lari
sim,li sua linda descrição de perfil e adorei!
Que lindo escrito...por vezes, o poeta tem uma musa inspiradora, é capaz de se inspirar ,metade de si e metade de ti, inspirado na essência do amor, amor de alma para alma,retribuídas ou não... ele sempre Vai Amar, Vai Sofrer, Vai Viver...
Bom retorno, obrigado pelo carinho, fique bem cuide se bem, bela semana, beijos!

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Como diría el escritor norteamericano Robert Penn Warren:
"En el fondo, un poema no es algo que se ve, sino la luz que nos permite ver. Y lo que vemos es la vida."
Muy buen Relato.
Un saludo.

Carol Bortolo disse...

Ah Lari, que isso.. eu é que agradeço.. que bom que viu meu comentario e ainda teve o carinho de responde-lo, adoro leitores assim ein.. assim como voce eu tambem acho importante ter o carinho de leitores atenciosos.. mas não se preocupe eu entendo perfeitamente, confesso que eu também estava sem inspiração e sem tempo também, mas não se preocupe, seu cantinho é um dos que eu mais gosto e sempre que posso dou uma olhadinha mesmo... eu também preciso de incentivo para nao desenimar por aqui, mas pode deixar, e fique tranquila, se os leitores gostam e se sentem bem no seu cantinho, vao entender sua falta de inspiração e ate te ajudaram, o que importa é voce ser sincera e explicar o que esta passando para saberem se tera novos posts né.. mas sei que voce vai ter muito o que contar.. voce é ótima nisso..

desejo inspiração a voce e uma boa semana.. muitos beijos!
http://t-alvez-p-oeta.blogspot.com.br/

Humberto Dib disse...

Gostei mesmo do seu blog.
Um abraço.
HD

Steffany Lopes disse...

Que lindo texto, belas palavras!
beijos,

www.soentreamigas15.blogspot.com

Motive to be Pretty disse...

Adorei o texto!! Nao desamina nao, fofa!!O seu e lindo e vc escreve muito bem, tudo e feito com muito capricho. Bjus

Adriana Leandro disse...

Vc sempre escreve lindos textos.
É bom saber que está de volta e ficar sem inspiração é normal. Os leitores são os maiores incentivos que temos para continuar. Bjus!

galerafashion.com

Layanne Eduarda disse...

Oi Lari, obrigada pela visita, e principalmente por me seguir no momento mais crucial de um blogueiro, que é estar no enterro de suas ideias. Mas eu voltarei em breve, e espero que goste dos posts.
Aqui achei um lugar maravilhoso, entrei e senti sutileza. Gosto de coisas me me fazem me sentir leve e solta.
Beijinhos

Até breve.
Ah, claro que já estou te seguindo, e com o maior gosto.

Anne Lieri disse...

Lari,que delicioso esse papo entre o poeta e sua musa! Lindo poetar! bjs,

Cristiano disse...

ja dizia a Rozana: Se um dia era moda ser poeta é pq fazendo poezia ele comia alguem. kkkk

Camilla ♥ disse...

Aw,que lindo. Gostei do poema, além de gostoso de ler e profundo sem mimimi, gostei da forma como você escreve. Achei romântico o final, combinou com a foto *-*

Beijos! http://sugar-dance.org/blog

Andreza Hoffmann disse...

Que bom que atualizou o blog, e obrigado por comentar! Lindo texto *-* beijos.. Fan page do blog, ja curtiu? retribuo s2 http://www.facebook.com/pages/Blog-Del%C3%ADrio-Fashion/579696718716385

Lucimar da Silva Moreira disse...

Lari maravilhoso texto como sempre, não fique desanimada continue em frente com o seu blog você é uma diva nas escrituras, Lari beijos.

Gabriela Gomes disse...

Que texto mais lindo esse, ficou ótimo! Adorei.
www.espacegirl.com

MahPessoa disse...

Ficou lindo o texto! Achei tão inspirador, você escreve tão bem!
Muito legal!
bjs
blogtrashrock.blogspot.com

Lady Di disse...

Quão lindos são seus textos, me interessei muito pelo seu blog e estou te seguindo :)
muuito sucesso garotinha
abração!

http://ladydiene.blogspot.com.br/

Fernanda Bender disse...

Que fofo esse texto, tão bem escrito... apaixonante. Parabéns pelo blog, muito lindo esse teu cantinho. Um abraço!!

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Lari..
como poeta posso te dizer que tu descreveu tão bem como as coisas acontecem.. os versos fluem ao natural, com ou sem a musa que os inspira..
toda mulher é merecedora de poesias, pena que muitas nem sabem o que é isso e o que os corações tão bem cantam que é o amor.. bjs e até sempre
lapidandoversos.blogspot.com.br